quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Music of the mind, a música criada pela mente

No séc. XVIII, a invenção do piano mudou o caminho da música, mais tarde, com a criação dos sintetizadores no séc. XX, o homem inovaria ao produzir sons manipulando correntes elétricas, seria a música através das vibrações cerebrais um novo marco na música mundial?
Tocar um instrumento apenas com o poder da mente parece algo muito distante da nossa realidade, porém, experimentos de um grupo da Goldsmiths College de Londres prova que isso já é possível. O projeto, coordenado pelo premiado músico Finn Peters, transforma frequências do cérebro humano em composições musicais.
Para tal, o Music of the Mind (musica da mente) mapeou difentes estágios das atividades cerebrais de Peters como sonolento, nervoso, aborrecido e outros. Depois de passar por diversos algoritmos de processamento, os sinais são enviados a um sintetizador que reproduz os sons.

Confira no vídeo:


No vídeo acima, as ondas cerebrais são utilizadas como um instrumento adicional entre os demais músicos de carne e osso, tocando instrumentos reais, o grupo estuda agora a possibilidade de emular percussões e instrumentos de natureza variada.
Segundo os próprios desenvolvedores, ainda há muito o que aperfeiçoar no Music of the Mind, o mais importante é que o projeto tem potencial para mudar a forma com que os seres humanos compõem e pode abrir muitas portas para a musicalidade internacional.
Ainda é cedo para afirmar se o novo conceito terá êxito, o fato é que o conjunto Music of the Mind (com músicos e cientistas envolvidos) prevê o lançamento de um álbum no dia 25 de outubro e inicia sua turnê pelo território inglês no dia 16 do mesmo mês, aos interessados, os ingressos já estão à venda.

Fonte: Baixaki

A idéia deste estudo é interessante, mas eu particularmente não gosto muito de tais "inovações futurísticas" na música, embora muitos apoiem esse tipo de idéias, fazendo com que elas tomem forma e possam não só se tornar realidade, mas também se manter no mercado da música.
Com a ajuda da tecnologia, fazer música hoje se tornou algo simples, fácil e ao alcance de todos (Talvez por isso a qualidade de composições hoje seja algo tão "porca", com "músicos" sem nenhum conhecimento musical fazendo sucesso aos milhares). Porém não vejo tal bugiganga se tornando um novo "instrumento musical" nem um novo "método de composição".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não é permitido Spam ou comentários ofensivos.