terça-feira, 31 de maio de 2011

Música nas escolas

A partir de agosto de 2011, estará valendo no brasil a lei nº 11.769, que determina a obrigatoriedade do ensino de música em todas as escolas do país.

Muitos ainda se perguntam "O que isso vai ajudar na educação dos alunos?"
É evidente que aprender música não vai ajudar os alunos à aprender geografia, ou história.
Porém, isso é um grande avanço na música para o nosso país, ou seja, vai ajudar e muito na educação dos alunos, e na melhor das hipóteses até mesmo pro futuro da qualidade musical do Brasil
(Quem aí não aguenta mais esses funks?).

Enquanto em países asiáticos as crianças tocam isso:


Aqui no Brasil, as crianças "cantam" isso:


Interessante saber também que há várias décadas que outros países já achavam a música algo importante de se aprender na escola, e que em muitos países, música é uma matéria obrigatória.
Enquanto isso aqui no brasil temos que ficar aturando funks de pivetinhos que nem sabem o que significam uma tríade "cantando" coisas sem noção do tipo "Tô com fome, quero leite" ou coisas ainda mais vulgares e sem conteúdo... Lamentável...

Enquanto nas escolas e universidades gringas os alunos fazem isso:






Nas escolas do Brasil, os alunos fazem isso:


E outras coisas que não posso comentar aqui, pois este é um blog para todas as idades.

Acredito que muitos de vocês já se depararam com bandas que possuiam péssimos músicos, "cantores" que participavam sem saber cantar, pensando que cantar é só "falar em rítmo", e guitarristas que mal sabiam fazer palm-mute.
Num futuro próximo isso pode mudar, já que a grande maioria vai saber ao menos um pouco de teoria musical, ao contrário de hoje, que qualquer um pode "compor" um funk sem sentido no computador por que não entendem de música (Maldita inclusão digital!).

"O objetivo não é formar músicos mas garantir uma formação artística mais aprofundada, de crianças mais inteligentes" (Fernanda Abreu)


Para maiores informações acesse: http://educarparacrescer.abril.com.br

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Guitarra Slide - Bottleneck

A técnica de Guitarra Slide (Slide Guitar) ou "Bottleneck Guitar", significa simplesmente utilizar um apetrecho no dedo chamado de bottleneck
(Ou pescoço de garrafa, ao pé da letra), com ele você consegue tocar sómente deslizando o mesmo sobre as cordas, sem pressionar sobre os trastes.

A utilização desta técnica proporciona uma sonoridade única e diferenciada, e é muito usada no Blues, country e música havaiana. Porém isso não significa que a técnica só pode ser usada exclusivamente nesses estilos, muito pelo contrário!

Já escutaram "No more tears" do Ozzy Osbourne? Pois é, Zakk Wylde usa Bottleneck na introdução.


E "Rocket queen" do Guns 'n' Roses? A introdução dela também é feita utilizando técnica de guitarra Slide.
Assim como vários outros exemplos fora do Blues e do Country

O bottleneck é colocado em um dos quatro dedos da mão esquerda, cada guitarrista usa em um dedo diferente, podendo ser o indicador, o dedo mínimo, anelar, ou o dedo médio (Meu preferido, pois assim posso utilizar power-chords, e até solar sem retirar o bottleneck do dedo).
Mas hoje temos um bottleneck diferente chamado JetSlide, com ele podemos ter liberdade de montar acordes e solar sem problemas, pois ele não envolve o dedo do guitarrista, o JetSlide é utilizado como se fosse um anel. Para maiores informações acesse: http://www.jetslide.com/
JetSlide


Um Bottleneck pode ser feito de vários materiais diferentes, como o vidro (sendo feito literalmente de um gargalo de garrafa ou não), bronze, outros tipos de metais, entre outros.
O material mais utilizado continua sendo o de vidro, e pode até mesmo ser confeccionado em casa.

Outro tipo de técnica  em que se utiliza o Bottleneck é com um tipo de guitarra especial chamado de Lap Steel Guitar.
Neste Modo, o guitarrista fica sentado, e a guitarra é posicionada em seu colo deitada, ou dependendo do modelo, pode ser posicionada em uma espécie de "mesinha", como se fosse um piano.
Confiram um vídeo do Lap Steel Guitar:


A técnica de Guitarra Slide é mais utilizada com afinações abertas (Confiram o post: Afinações abertas - Open Tuning), isso porque o bottleneck ocupa as casas de forma vertical, ou seja, você não pode usar um bottleneck pra tocar duas casas ao mesmo tempo.
E com o uso de uma afinação aberta, o guitarrista pode até mesmo montar acordes com o uso de um único dedo.

Espero que tenham aprendido um pouco sobre a técnica.
Até a próxima!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

A matemática e a música (Donald no país da matemágica)

Acredito que muitos de vocês já saibam, mas a matemática e a música andam de mãos dadas.
Principalmente para quem trabalha com luthieria, onde cada milímetro faz a diferença

Hoje trago para vocês um curta animado chamado "Donald no país da matemágica".
Lançado em 1959, o filme foi disponibilizado por várias escolas dos Estados Unidos, chegando a ganhar também o Óscar de melhor Curta-documentário em 1959.

Confiram o seguinte trecho (Pitágoras e música):


Com certeza esse é um modo bem mais divertido de se aprender matemática!
Para quem se interessar a assistir o curta completo, confiram:





sexta-feira, 20 de maio de 2011

Regulagem e ajuste de oitavas (Pontes fixas)

Ao contrário das pontes Floyd Rose, regular uma guitarra de ponte fixa é muito mais simples, ocasionando menos dores de cabeça para quem for realizar o trabalho.

Primeiramente, basta você afinar sua guitarra normalmente, usando um afinador eletrônico.
Em seguida, veja se o 12º traste está afinado corretamente como a corda solta que você acabou de afinar.
Caso a afinação do 12º traste não bata com a afinação da corda solta, significa que a oitava está fora.

Se o tom da 12ª casa estiver acima da corda solta, traga o saddle (Carrinho) um pouco para trás usando uma chave philips (Quanto mais para trás estiver o saddle, a oitava ficará mais grave).
Se o tom da 12ª casa estiver abaixo da corda solta, traga o saddle (Carrinho) um pouco para frente usando uma chave philips (Quanto mais para frente estiver o saddle, a oitava ficará mais aguda).

Em seguida, verifique também a afinação do 24º traste (ou o 19º traste).
Repita esses procedimentos em todas as cordas, até que todas estejam reguladas.

Pronto! Sua guitarra está regulada!
Fácil, não?

Caso sua guitarra possui ponte Floyd Rose, acesse o link
Regulagem e ajuste de oitavas (Pontes Floyd Rose).

terça-feira, 17 de maio de 2011

Kinetic musical

Para quem não cohece ainda, o Kinetic é um dispositivo da Microsoft para o Xbox360, o Kinetic é uma camera que funciona com sensores de movimento, permitindo que o usuário jogue movimentando-se em frente ao aparelho.
Embora o Kinetic seja um dispositivo da Microsoft, o projeto OpenKinetic busca a liberdade de uso do aparelho, permitindo que ele seja usado no PC, e até mesmo no Playstation 3, seu concorrente.
Com isso, muitos projetos interessantes apareceram, e alguns deles, envolvendo música.
Confiram alguns projetos:











Para quem não entendeu este último, ele funciona como um controlador MIDI, o Kinetic capta os movimentos da mão, nas coordenadas X e Y, formando assim os sons.

sábado, 14 de maio de 2011

Slap na guitarra

Os baixistas já estão familiarizados com a técnica Slap, mas e os guitarristas?
Embora o slap seja uma técnica de baixo, isso não quer dizer que ela seja exclusiva para o baixo. O que não impede que a mesma técnica seja empregada na guitarra ou até mesmo no violão.



O método de execução é o mesmo, então quem já toca baixo terá facilidade em executar a técnica na guitarra, para quem é guitarrista e não faz idéia de como executar um slap... Boa sorte!



Espero que esta postagem seja de ajuda, boa sorte nos estudos, até a próxima!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

A onipresença da música clássica

Muita gente tem preconceito com música clássica, achando ser "música de velho" ou coisa do tipo.
O que essas pessoas não percebem, é que elas próprias escutam música clássica desde crianças.
Quem nunca escutou "Für Elise" de Beethoven? Também conhecida por leigos como a "música do caminhão de gás", esta é uma das canções mais conhecidas:

Esta famosa canção também é muito executada em filmes e desenhos animados (Confira a postagem: Música clássica e os desenhos animados), além de servir como toque de chamada em terminais de PABX e em telefones celulares.

Você com certeza já viu em filmes, seriados, ou em um programa de TV qualquer, um casamento tocando de fundo: "tarararam-tarararam-tarararam tarararam tarararam tarararam tarararaaaaam"... Enfim, confiram:

A famosa "Wedding march", também conhecida por aqui como "coro nupcial", ou "Aí vem a noiva" do compositor Richard Wagner. Utilizada nas cerimônias de casamento mais tradicionais, é provável que todo o mundo já deva ter escutado esta música pelo menos uma vez na vida.

Quem nunca já sentiu sono com a famosa "Lullaby" de Brahms:

Grande música, que nos remete à infância e à bebêzinhos cuti-cuti.

Outra grande composição é a "Funeral march" do compositor Chopin, conhecida mundialmente é outra canção onipresente que todos já ouvimos pelo menos uma vez na vida:

Como o próprio nome diz, a "Marcha fúnebre" remete à morte, mesmo não sendo necessário tal título, pois a música clássica tem um feeling tão forte e marcante, que é possível identificar a mensagem de suas melodias só pelo som.

Bônus!
Com certeza vocês já escutaram esse toque, e provávelmente, esta melodiazinha os deixam aos nervos, de tanto que alguns de vocês devem escutar... Esta melodiazinha é o toque de celular da Nokia:


Pois esta musiquinha que dá nos nervos de tanta gente é a "Gran vals" do grande violonista clássico
Francisco Tárrega:


Isso prova a capacidade de tais composições, com certeza se tais músicas não tivessem tamanha qualidade de composição elas não soariam em nosso ouvidos depois de séculos, e de forma tão onipresente.
Quem acredita que em 2100 ainda irão escutar bandinhas como NX Zero ou Restart?

sábado, 7 de maio de 2011

A pegada de um guitarrista (O que é pegada?)

A pegada de um guitarrista é um assunto polêmico, chegando a gerar discussões, muitas pessoas tem idéias diferentes do que significa a pegada de um guitarrista...
Então, o que é pegada? Como conseguir? Tem pra vender?
Vamos por partes...

-O que é pegada?
-Esta é uma pergunta um pouco díficil de responder, até por que como já disse, é um assunto polêmico que chega a gerar até discussões... Mas como o próprio nome diz, a pegada nada mais é do que a pegada que o guitarrista tem em seu inetrumento, cada guitarrista possui sua pegada, podendo ser uma pegada leve, mais sutíl, ou uma pegada mais forte e pesada...
Difere de um modo "mecânico" de tocar guitarra, como quando um guitarrista sobe e desce escalas como se fosse um "robôzinho", de forma totalmente mecânica.
Um guitarrista demonstra pegada pelo modo de tocar guitarra, com as palhetadas, a força com que o guitarrista toca as cordas, com o movimento dos braços, com o uso de bends, a força dos vibratos, harmônicos artificiais, etc...
Não basta aprender a tocar uma música e simplesmente tocá-la, você tem que interpretá-la, mostrar o feeling da música! Mas não fazer um teatrinho com a guitarra e começar a dar uma de ator interpretando Shakespeare, e de preferência, também não tocar guitarra como se você estivesse no topo de uma montanha ou na beira de um abismo com um ventilador na cara e um bicho grudado no cabelo...

-Como conseguir/desenvolver minha pegada com a guitarra?
-A resposta é a mais óbvia... Prática e treino!
É com prática que você vai conseguir pegada, assim como é praticando e treinando que você desenvolve suas técnicas, como tapping, two hands e sweep.
A pegada é algo que o guitarrista adquire com o tempo, não existe um exercício própriamente dito, você só conseguirá desenvolver uma pegada mais forte com prática e treino... E paciência!

E respondendo a pergunta do começo da postagem... Não existe pegada pra vender...
Até a próxima pessoal!

terça-feira, 3 de maio de 2011

O vôo da abelhinha (Flight of the bumblebee)

Confiram essa seleção de curiosos e engraçados vídeos com a música "Flight of the bumblebee".

 Ópera maluca: (É engraçado, mas pra cantar assim não é qualquer um...)


Flight of the bumblebee tocada por 101 garrafas:


Flight of the Bumblebee tocada por cilindros de plástico:


Flight of the bumblebee tocada na marimba


Flight of the bumblebee no acordeão:


Flight of the bumblebee, utilizando um "trompete de mãos", confira:


E esta impagável versão, usando somente as mãos como instrumento, chamada de "Fart of the bumblebee" (O peido da abelhinha).


O guitarrista Della Vega quebrando o recorde mundial de velocidade na guitarra, tocando Flight of the bumblebee em 320 BPM (Batidas por minuto):


O Vôo da abelhinha em absurdos 600BPM